Polícias e Fiscais Roubam Vendedeiras à Mão Armada

“Três polícias armados e oito fiscais arrombaram a porta da minha casa, entraram e apontaram-me as armas e disseram-me para não me mexer ou falar”, conta Esperança Néné, de 55 anos, residente na Vila de Cacuaco, em Luanda. O caso aconteceu a 14 de Agosto, por volta das 14h00.  “Eu tentei reclamar que a polícia não tinha o direito de invadir assim a minha casa e apontar-me armas sem eu ter feito nada. Um deles disse-me: ‘Se te mexeres ou continuares a falar vais parar à cadeia e, ainda por cima, vais pagar uma multa de 150,000 kwanzas (US $1,500)”, explica. Postada à porta de casa, Maria Manuel, de 23 anos, tentou impedir a entrada da polícia para a sala. “O chefe da missão, o Sr. Waldemar, agarrou-a e atirou-a violentamente contra a parede. Depois é que me apontaram as armas”, narra a mãe. Esperança Néné dedica-se à venda de […]

Read more

Policiais Assaltam Residência do Rapper Marshall Liricista

Cerca de 25 agentes da Polícia Nacional detiveram, na madrugada de sexta-feira, o rapper João Carlos da Silva “Marshall Liricista”, de 32 anos, no Bairro Marçal, em Luanda. O rapper é um conhecido membro do Movimento Revolucionário Juvenil. Filomena José Carlos, mãe do músico, explicou ao Maka Angola que os agentes policiais cercaram a sua residência, tendo tentado remover a cobertura e o forro da casa, sem sucesso, para entrarem também pelo tecto. “Eu tive sorte, se tivesse sido um dos meus filhos a abrir a porta os polícias teriam disparado. Eu abri a porta. Os agentes disseram-me que vinham à busca do meu filho, sem mandado de busca ou de captura, sem papel nenhum”, explicou a mãe. Diante da mãe, os agentes policiais, identificados com insígnias da Direcção Nacional de Investigação Criminal (DNIC), trataram primeiro o irmão mais novo de Marshall, Jonas Joaquim, ao tabefe. Em seguida, dirigiram a […]

Read more

Comandante Bety Ordena Espancamentos, Polícia Militar Tortura com Alicate

Victória Jamba Sequesseque está triste, mas tem orgulho no seu filho. Emiliano Catumbela, de 22 anos, está detido desde o dia 27 de Maio por ter participado numa tentativa da vigília, no Largo da Independência, abortada à bastonada pela Polícia Nacional. A vigília, convocada pelo Movimento Revolucionário Juvenil, visava assinalar, de forma pacífica, o primeiro aniversário do desaparecimento dos activistas Alves Kamulingue e Isaías Cassule, raptados em Luanda. Actualmente encarcerado na Comarca de Viana, o jovem revelou hoje, à mãe e ao deputado Leonel Gomes, que o visitaram, como o torturaram. “Foi a própria comandante provincial da Polícia Nacional, comissária Elizabeth “Bety” Rank Frank, quem pessoalmente ordenou, no local, aos agentes para espancarem os jovens e atingi-los na cabeça, como nos confirmou o Emiliano”, transmitiu o deputado da CASA-CE. Por sua vez, Victória Sequesseque reproduziu o depoimento do filho, segundo o qual “os indivíduos da Polícia Judiciária Militar tentaram arrancar-lhe […]

Read more

Manifestante da Vigília do 27 de Maio Detido e Torturado

Emiliano Catumbela, um dos manifestantes da vigília de 27 de Maio abortada pela Polícia Nacional à bastonada, continua detido e encontra-se na 19ª Esquadra, unidade no Catintom, Bairro Rocha Pinto, no município de Maianga. O presidente da Associação Mãos Livres, Salvador Freire, que é um dos advogados de Emiliano Catumbela, tem tentado avistar-se com ele, sem sucesso, desde terça-feira, dia 28. Salvador Freire localizou o seu cliente ontem, ao fim da tarde, na unidade policial de Catintom, onde o detido foi interrogado sem a presença do seu advogado. Em declarações ao Maka Angola, o advogado adianta que, até ao momento, continua a ser-lhe negado o acesso ao seu constituinte. Emiliano Catumbela deveria ter sido presente a um juiz ontem, 29 de Maio, sob acusação de ofensas corporais, com o processo Nº5618/03-02, mas na Procuradoria-Geral da República (PGR) o magistrado devolveu os autos à Direcção Provincial de Investigação Criminal (DPIC) de […]

Read more

Polícia Espanca Manifestantes, Um Ferido Grave

Agentes da Policia Nacional dispersaram à bastonada os manifestantes que participavam na vigília convocada para esta tarde, em Luanda, pelo Movimento Revolucionário. Um dos manifestantes, Raúl Lindo “Mandela”, de 27 anos, foi brutalmente espancado e terá sido depois abandonado, inanimado, nas imediações da Shoprite. “Foi o Lucas Pedro quem deu conta do Mandela, desmaiado, porque havia um grupo de pessoas que o cercava”, explicou Domingos Cipriano “Aristocrata”, um manifestante que teve a missão de prestar assistência aos mais afectados pela violência policial. “Quando o Mandela recuperou os sentidos, já no nosso carro, ele explicou-nos que, na Sexta Esquadra da Polícia, junto à Cidadela, os agentes despiram-no e o torturaram com uma barra de ferro, depois vestiram-no outra vez e foram deixá-lo junto à Shoprite, desmaiado”, disse o Aristocrata. Segundo o Aristocrata, o Mandela deu entrada na Clínica do Prenda à meia-noite sem mobilidade nos membros superiores e inferiores. Por sua […]

Read more

Preso na “Ditadura da Pedra” sem Acusação

Angola é um dos poucos países do mundo onde, ao arrepio da lei, oficiais superiores do exército, particularmente generais no activo, se apresentam abertamente como empresários e fazem negócios privados com o Estado, que supostamente servem, para enriquecimento pessoal. No léxico oficial, a prática de misturar o exercício de funções públicas com a realização de negócios privados tem sido celebrada como o estabelecimento da “burguesia nacional”, “empreendedorismo”, “direito de cidadania” dos dirigentes, “reforço da capacidade empresarial dos angolanos”, etc. Do lado contrário, um autoproclamado brigadeiro, filho de um general na reserva, dá-lhes luta e afirma-se revolucionário e defensor do povo roubado, proclamando: “Faço a minha luta sem violência/ a minha arma de combate são as palavras (…)”. É o polémico rapper Brigadeiro 10 Pacotes. Os generais-empresários, regra geral, gozam tanto de imunidade quanto de impunidade. Com tais exemplos no exército, aos 23 anos, um soldado da Brigada de Tropa Especial […]

Read more

Aparato de Guerra Usado nas Demolições em Cacuaco

Por Alexandre Neto: Sete helicópteros, forças militares, policiais e de segurança, estimadas em mais de 500 efectivos, tomaram parte numa operação de demolições do bairro residencial Mayombe, no município de Cacuaco, em Luanda, a 1 de Fevereiro passado. De acordo com os relatos dos moradores, o dispositivo militar e policial destacado no local de madrugada surpreendeu e causou pânico às populações locais. “Por volta das 5h00 da manhã, os bulldozers começaram o seu trabalho de desalojamento de mais de cinco mil pessoas”, afirmou Mateus Virgílio Mukito, um dos moradores. Por sua vez, Pedro Sebastião, outro desalojado, disse ao Maka Angola que duas crianças morreram no acto. “Elas fugiam dos helicópteros, assustadas, e acabaram por cair numa vala de drenagem.” Esta informação foi corroborada por outros moradores. Segundo o interlocutor, devido ao pânico que se instalou na comunidade, nem sequer foi possível a realização do óbito no local. “Os corpos foram […]

Read more

Manifestantes Libertados, Ameaça de Fuzilamentos

Efectivos da Polícia Nacional detiveram hoje, perto das 14h00, um grupo de dez jovens que tencionava organizar uma vigília diante da presidência da UNITA, na Maianga, em Luanda, para pressionar os partidos políticos da oposição a boicotarem a sua entrada no parlamento. Adolfo Campos, um dos detidos, explicou que, como argumento para a detenção, “a polícia trouxe um documento forjado, com data de 2011, a dizer que o Governo Provincial de Luanda recusou o nosso pedido de vigília e, por isso, tínhamos de ser levados”. Após seis horas na 12.ª Esquadra, no município do Cazenga, a Polícia Nacional libertou os jovens Adolfo António, Adolfo Campos, Belo Morete, Hugo Calumbo, Jang Nómada, Luaty Beirão “Brigadeiro Mata Fracos”, Pedro Sebastião “Explosivo Mental”, Pedrowski Teca, Rosa Mendes e Tukayano Rosalino. “O comandante Eduardo Diogo, da Maianga, comandou a operação. Um dos agentes, que recebia constantemente ordens por telefone, disse-nos que devíamos ser fuzilados”, […]

Read more

Alegações de Fraude Eleitoral e Detenções no Bié

Por António Capalandanda: A UNITA acusa a Comissão Provincial Eleitoral (CPE) no Bié de ter falsificado as actas-síntese nas assembleias de voto e contesta os resultados eleitorais provisórios que apontam para a vitória do MPLA, na província, com 69,79 por cento dos votos. De acordo com o apuramento provisório, a UNITA tem 36,2 por cento dos votos e a CASA-CE, 0,98 por cento. Em declarações ao Maka Angola, o porta-voz da UNITA no Bié, Kanjomba Leite, disse que foram encontradas cinco actas falsas nas assembleias 29 (bairro Helena de Almeida) e 11 (bairro da Boavista), e numa das assembleias na comuna do Kunje, no município do Kuito. Em carta dirigida à CPE do Bié, o secretário provincial da UNITA, Elioty Ekolelo, referiu que actas das assembleias de voto de Liwema, Njimba Silili, Ekovongo, Kamundongo e Tchikala, localizadas no município do Kuito, onde o seu partido teve maior votação, não foram entregues […]

Read more

Greve Abortada na RNA

O colectivo de trabalhadores da Rádio Nacional de Angola (RNA) abortou ontem a greve anunciada para o mesmo dia, 24 de Agosto, para responder a promessas de última hora do ministro da Economia, Abraão Gourgel. “À meia-noite, a comissão sindical recebeu uma proposta formal de negociação do ministro da Economia, Abraão Gourgel, em que comprometia o governo a garantir a segurança social e o seguro dos trabalhadores, através da ENSA (Empresa Nacional de Seguros de Angola)”, explicou o representante do Sindicato dos Jornalistas Angolanos (SJA), Teixeira Cândido. Segundo Teixeira Cândido, na proposta, “o ministério disse que não estava em condições de actualizar os salários a 300 por cento, mas procederia a aumentos graduais anuais correspondentes ao sector da função pública”. Por volta das 7h00, hora marcada para o início da greve, dezenas de trabalhadores concentraram-se na portaria da RNA com dísticos de greve. Dezenas de efectivos da Polícia Nacional fortemente […]

Read more
1 6 7 8 9