Deputado do MPLA e General Fantasma

Por Lázaro Pinduca:   Os antigos combatentes da província da Huíla continuam a manifestar o seu descontentamento pela forma como o mais alto comando das Forças Armadas Angolanas (FAA) tem promovido algumas figuras locais, entre empresários e políticos, ao generalato. Uma dessas figuras é o actual deputado e primeiro secretário do MPLA na Huíla, João Marcelino Tyipinge. O referido político está inscrito na Caixa Social das FAA, com a patente de tenente-general, recebendo um subsídio equivalente a cerca de US $3000 mensais. Como deputado, João Marcelino Tyipinge aufere o equivalente a US $15 000 mensais, incluindo subsídios. “Nunca vi o Tyipinge a envergar a farda das Forças Armadas Populares de Libertação de Angola (FAPLA). Eu e ele lutámos pelo exército português e, depois da independência, trabalhámos juntos na alfabetização, na secção de ensino de adultos na escola do partido [MPLA]”, confidenciou um antigo colega seu sob anonimato. O perfil do […]

Read more

Desmobilizados Abortam Manifestação no Lubango

Mais de 500 desmobilizados das ex-Forças Armadas Populares de Libertação de Angola (FAPLA) concentraram-se hoje no Bairro João de Almeida, na cidade do Lubango, província da Huíla, para uma marcha de protesto em reclamação das pensões que lhes são devidas há 20 anos. O Fórum Independente dos Desmobilizados de Guerra de Angola (FIDEGA) é responsável pela iniciativa. Segundo o seu presidente, tenente-coronel Manuel Nunes, o FIDEGA decidiu cancelar a marcha, na hora, após ter transmitido aos seus filiados o conteúdo do encontro que manteve com o Comando da Região Militar Sul, no dia anterior. “No período da tarde de ontem, o tenente-general Tchiloya reuniu com a nossa direcção e garantiu-nos que, em Julho, a Comissão de Pagamentos estará no Lubango, proveniente de Luanda, para processar os pagamentos dos desmobilizados”, disse o tenente-coronel Manuel Nunes. O tenente-general Tchiloya é o segundo comandante do Comando Militar da Região Sul. “Por isso, para […]

Read more

Mais Um Preso Entre o Movimento dos Militares

A Polícia Militar deteve ontem de manhã, 25 de Junho, o membro da Comissão de Reclamação de Sargentos e Soldados não-Demosbilizados das antigas FAPLA (Forças Armadas Populares de Libertação de Angola), José Fernandes de Barros, de 48 anos. Segundo o detido, com quem o Maka Angola falou, os membros da sua comissão foram chamados à Unidade da Polícia Militar no Grafanil, em Viana, para procederem ao levantamento de um subsídio único, para cada um, de 55,000 kwanzas (US $550). “Nós temos as guias para recebermos os 55,000 kwanzas. Quando entreguei a minha, disseram-me que eu já tinha sido contemplado. Um dos oficiais retirou-se para analisar o meu caso mas, afinal, era tudo uma fachada”, contou José Fernandes de Barros. “O oficial disse-me: ‘Estávamos à sua procura há já algum tempo, porque foi você quem organizou a manifestação.’ E levaram-me logo para o interrogatório”, acrescentou o detido. José Fernandes de Barros […]

Read more

A Casa Militar do Presidente e os Raptos

Passam agora duas semanas desde o rapto de Alves Kamulingue, 30 anos, a 27 de Maio, quando circulava, ao meio-dia, na baixa de Luanda. Kamulingue dirigia-se a uma manifestação que deveria ter juntado antigos membros da Unidade de Guarda Presidencial (UGP) e antigos combatentes, para a reclamação de pensões. A 29 de Maio, o seu companheiro Isaías Cassule, de 34 anos, um dos organizadores da manifestação, também foi raptado, ao anoitecer, no município do Cazenga. Isa Rodrigues, a esposa de Kamulingue, tem recebido chamadas anónimas a dar conta do suposto paradeiro dos desaparecidos algures numa unidade policial na periferia de Luanda. Esses rumores começaram a ser espalhados, entre jornalistas também, para contrapor outros que correm na internet, segundo os quais os raptados terão sido executados. Os números anónimos são, de seguida, desligados, para que as famílias se vejam impossibilitadas de ligar de volta e pedir mais explicações. De certo modo, […]

Read more

Reformas Multimilionárias para Generais das FAA

Diversos oficiais generais das Forças Armadas Angolanas (FAA) deverão ser reformados ao longo do presente ano, como parte do processo de reformas determinadas pelo comandante-em-chefe, o presidente José Eduardo dos Santos. Segundo fonte do Estado-Maior General das FAA, “este ano deverão ser desmobilizados catorze generais e, no próximo ano, mais de 20 passarão à reforma”. Entre os oficiais notificados para a reforma, destacam-se os generais Rafael Sapilinha Sambalanga, inspector-geral do Ministério da Defesa; Eduardo Martins, conselheiro do ministro da Defesa; Fernando Araújo, ex-chefe da Direcção Principal de Armamento e Técnica; Aires Africano, chefe da Direcção dos Serviços de Saúde do Estado-Maior General; António Filomeno Carvalho Pereira, ex-chefe da Direcção de Forças Especiais da Direcção Principal de Operações. O comandante-em-chefe evoca, de acordo com fonte que prefere o anonimato, o “envelhecimento” das figuras a desmobilizar e o excesso de oficiais generais no activo. Só a 27 de Julho de 2011, José […]

Read more
1 2 3 4